segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Vai-se lá entender....

Que os homens, por vezes, são seres estranhos e difíceis de compreender, já eu sabia...Agora que ele se encaixava tão bem nisso é que eu ainda não tinha percebido. 
É estranho vê-lo a fazer alguma coisa por mim. Acho que só agora se apercebeu de que eu parti há muito tempo da vida dele.
Já tinha notado o "ataque" estratégico dele, mas ignorei, pensei que era da minha cabeça... Mas não. Ele confirmou o que eu não queria ouvir. Disse-o várias vezes, com todas as letras.
Eu não cedi, nem cedo e em desespero ele tenta usar o sabe que me seduzia há um tempo atrás...
Já não gosto dele nem um terço do que gostava. Aos poucos e poucos vou esquecendo... Mas é verdade que continua a ser um dos meus pontos fracos.
Poderia era agradecer-lhe tudo o que se passou. Com isso, consegui arranjar uma "protecção" e ser forte. Muito forte. Resisto a tudo sem qualquer esforço. Balança, mas não mexe...
Estou bem sem ele, porque ele assim quis e porque não tive outra escolha.Agora é tarde...
E não é isto que me vai fazer mudar de ideias.
Quando nada muda, é certo que será tudo igual.


(para quem não perceber nada, não faz mal...
só precisava de escrever 
sobre isto, para ficar mais "leve"..)

7 comentários:

Rita da Maçaroca disse...

Homens... aqueles bichos imcompreensiveis :D

Signora S. disse...

Se te incomoda ao ponto de teres de o escrever em voz alta, é porque ainda pesa. Tem cuidado... e lembra-te que à segunda, doi pq magoa, e doi porque ja sabias q ia magoar... nao querias sofrer duplamente

Lau disse...

Signora S. :
Eu percebo bem o que dizes, mas se fosse cair de novo nisto já seria a 3ª vez. E eu já aprendi e sei que não vale a pena. :)
Obrigada*

Signora S. disse...

:)

Pocahontas na Cidade disse...

Muito bem :)

Miguel disse...

Pois eu acho que as pessoas, algumas, merecem sempre uma segunda oportunidade...

Exactamente do mesmo modo que acho que ninguém merece uma terceira...

O facto é que as pessoas se continuam a ligar às pessoas erradas... Não haverá um modo de perceber isso logo no inicio?
Devia haver...

Pedro Bom disse...

Eu não sou de dar 2ªs oportunidades, quando foram várias vezes avisadas.
Acontece que algumas pessoas, que nada fazem quando tudo tem, só depois quando perderam dão valor e atenção... esse é o tipo de pessoas que não me interessa!