sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Uma grande mulher!


Por vezes os nossos problemas são pequeninos,  mas a dor que sentimos faz com que pareçam enormes. Nunca pensamos que há alguém, num sitio qualquer que sente o mesmo que nós, ou quem sabe, até sente mais... Porque às vezes quando comparamos os nossos problemas com outras pessoas, estes tornam-se mais pequenos.
Acho que isso nos faz tomar consciência de que não é o fim do mundo e de certa forma, nos dá força....
Falo por mim e falo porque admiro muito esta menina. Não preciso de ver os contornos da cara dela ou de saber o seu nome, para admira-la.
Admiro-a porque é uma Grande Mulher. Admiro-a porque o teve que ser à força e da pior maneira. Não que ela já não o fosse, mas neste caso o ser uma Grande Mulher tem outro sentido.
Vou falar assim por alto da história dela, pois mesmo que escrevesse muito nunca iria conseguir mostrar a dor que ela sente.
Quase desde o inicio do meu blog que a conheço. Sempre me pareceu uma pessoa super bem disposta e divertida. Sempre foi querida em qualquer dos comentários que me deixou.
Tentei sempre retribuir-lhe isso. Gostava de ir ao blog dela,porque de certa forma era uma pessoa com quem me identificava.
Até que chegou o dia em que a Pinkk escreveu um post que me fez arrepiar... Nesse momento passaram-me pela cabeça 1001 coisas. A dor que ela estaria a sentir, o vazio, a angústia...
Se antes já era fiel seguidora dela, passei a ser ainda mais. Depois desse post, muitos outros se seguiram, em muitos deles nem consegui comentar algo com logica. Disse-lhe apenas para ter força...
Uma mulher que tem tudo e que de um momento para o outro fica sozinha com um bebé, e mesmo assim aguenta... Consegue ter força... Ter coragem... Ter o animo necessário para encarar um dia-a-dia cada vez mais dificil... Para mim é uma Grande Grande Grande Mulher!
E tudo o que ela está a passar, tenho a certeza de que não merecia, mas a vida por vezes é assim. Faz-nos crescer mais ainda. Por mais que fique um vazio na nossa vida, isto faz-nos ser mais fortes no futuro e tenho ainda mais a certeza de que o filhote dela, quando for mais crescido, se vai orgulhar muito da mãe.
 Nesse dia, todo o esforço será recompensado.

A ti minha querida, espero que não te importes de ter feito este post e ter falado sobre isto. Mas as pessoas hoje em dia tem tendência a cada vez menos mostrarem aquilo que sentem pelas outras.
Este Natal não deve ter sido de todo fácil para ti, mas tu és forte. Transmites isso em tudo o que escreves no blog. E por isso mesmo acho que merecias saber o quanto te admiro.
Um beijo enorme para ti*

6 comentários:

Pinkk Candy disse...

olá,
fiquei muito emocionada com as tuas palavras e com a lágrima ao canto do olho (sniff). muito, muito obrigada! *.*
beijinhos do fundo do coração.

_+*A Elite in Paris and New York*+_ disse...

Que lindo este post-homenagem, cheio de sentido e razão. Um xi às duas :)

Beijo meu ♥,

A Elite

Rita da Maçaroca disse...

É isso mesmo. As vezes pensamos que estamos sozinhos no mundo e que ninguem entende o que sentimos e nao e' verdade. Há sempre alguem a sentir o mesmo, a passar pelo mesmo ou ate por pior :x

E parabens à Pinkk por ter esse efeito tao especial nos seus seguidores :)

Beijoca

Nirvana disse...

Permite-me cumprimentar-te por este post. Subscrevo tudo o que dizes. É realmente uma Grande Mulher, que vai saber ultrapassar este mau momento e retirar dele os ensinamentos para se tornar ainda maior.
O problema das Grandes Pessoas é que muitas vezes se subestimam e não vêem o que toda a gente vê: o quanto são grandes, o quanto valem, quanta força têm.
Uma bela mostra de amizade.
Beijinhos

top secret disse...

Eu também sigo "esta menina" e concordo é uma grande mulher. bjinhos

Gosto do teu blog.

Sonhadora disse...

Olá bom dia!
Gostei muito do post e desejo que essa GRANDE MULHER continue a sê-lo que se agarre ao sentimento que tem pelo filho e que consiga ultrapassar todos os obstáculos que está a ulptrapassar e para aqueles que ainda irão aparecer, porque a vida nem sempre é fácil!
Temos de ter sempre "algo" e uma razão de viver para nos dar a força que precisamos e somos mais fortes do que julgamos, de onde vêm as forças? Não sei, talvez seja mesmo Deus a dá-las!
Beijocas