terça-feira, 10 de novembro de 2009

Todos procuram algo diferente..


Confesso-me um bocado viciada em desporto.. Faço-o por puro prazer e sem qualquer sacrifício. Nunca fui muito de estar parada, mas as coisas mudam e já há uns anos que, diga-se de passagem, não fazia praticamente nada. Este ano decidi que isso ia mudar, e como já aqui falei comecei a ir ao ginásio. Em jeito de brincadeira costumo dizer que foi a melhor coisa que fiz nos últimos tempos. E não deixa de ser verdade...
Não só porque me sinto melhor comigo mesma. Não só porque consegui de certa forma, combater aqueles stressezinhos de mulher, tipo celulites e afins. Não só porque aprendi a gostar de mim. Mas também, pelas pessoas que conheci e conheço sempre que lá vou.
O que me apercebi rapidamente é que todos procuram algo diferente. Há os que, apenas e só, estão ali para emagrecer, sem qualquer motivação, como se ir ali e não fazer nada fizesse algum efeito. Há os que vão para emgracer, como o J.,  que em três meses perdeu 11kg. De forma saudável, e sem dietas. Há os que querem apenas ter musculos bem definidos e fazem mais do que podem, para o conseguir. Há as meninas que são magríssimas e procuram conseguir algumas curvinhas. Há as meninas que até estão bem, mas querem mais e mais e mais. E há pessoas como o F.. Vi-o semanas e semanas a andar na bicicleta, quase até não poder mais. Não fazia mais nada. Um dia decidi sentar-me lá e tentar perceber o porquê de ele fazer aquilo. Em menos de nada e sem grandes perguntas ele disse-me isto:
"Eu não estou aqui preocupado em emagrecer,  nem em ganhar músculos para depois andar sem t'shirt. Eu sou gordo porque fui burro no passado e mais burro fui quando comecei a fumar. Felizmente consegui parar. Sempre tive uma vida pouco ou nada saudável. Estou aqui para tentar remendar isso. Estou aqui acima de tudo para tentar ganhar anos de vida, já que o tempo não volta atrás." Só lhe faltava chorar... Mas depois lá disse com um sorriso: " E passo aqui horas na bicicleta porque como sou muito gordo preciso de ganhar folgo para ir à aula de RPM."
Ele é um verdadeiro exemplo. Já está muito, mas muito mais magro. Mais bonito. Mais confiante. E mais importante de tudo... Mais feliz!

3 comentários:

Pocahontas na Cidade disse...

Eu tenho saudades do ginásio..!

Ia sempre com a minha amiga do peito, experimentei step, bikes, body combat, body attack, yoga...

O que procurava... nem sei... Talvez ganhar mais firmeza nas pernas, menos celulite...

Adorava as aulas de bike, as batidas...e agora para rir:
nos 1ºs 15 minutos já ficava a pensar:

Quero a minha mããeee... Porque que meti-me nisto?!? Mas como é que as pessoas metem-se nisto?! Masoquistas!!

O resto da aula era:

Não vamos fazer figuras! Nada de sentar! Olha aquela senhora ali tão bonita a pedalar e tu armada em bebé...

Mas já não ando a uns 3 anos, mas sinto-me pesada... Embora não tenha celulite nem afins..

Não falava com as pessoas... Sou bicho do mato hehe :
Mas ia sempre para a palhaçada com a minha amiga.. Um dia estavamos para comprar umas bandoletes horríveis para usar na aula :) sem noção!

Joaquim Lucas disse...

RPM é comigo! :) E vocês nem imaginam a quantidade de ossos que eu desconhecia mas descobri que tenho! :)

Pocahontas na Cidade disse...

Na dança do ventre ainda faz-se mais descobertas :)

Ehehehe

Pronto... Não teve graça, mas era isso que tinha esquecido de dizer, se voltasse... Iria dança do ventre.

Por mais que digam que a dança é para agradar aos homens, eu penso é para nós, valorizarmo-nos mais, descobrirmos o quanto o nosso corpo é uma obra prima... Acho que ganha-se mais confiança.

Não se escandalizem... foi o que meti na cabeça